GARCIA marketplace
Carrinho

A idade da morte

A idade da morte
Fabricante: Editora GARCIA
Modelo: 978-85-65490-01-6
Disponibilidade:
Frete Gratis
Preço: R$ 24,00

PagSegur UOL
PagSegur UOL
Qtd:  
      

A idade da morte

A IDADE DA MORTE - FORMATO 15X21 - 106 PÁGINAS

Um jovem historiador ateu, busca fatos que expliquem a morte sob um ponto de vista científico. Muitos desses fatos ocorreram em vários países e em diferentes épocas da história mundial e brasileira, mas ao longo do trabalho, acaba focando-se no suicídio de alguns dos protagonistas de tais acontecimentos, que aos poucos vão interferindo no rumo da sua própria existência.

A partir de então, ele terá que lidar com consequências de um passado que ainda não conhece e no qual não acredita, pois um homem misterioso coloca-o em um jogo onde ele só sabe as regras, mas não as consequências.

Entre um romance imprevisível e um final impressionante, o leitor se deparará com uma pesquisa riquíssima sobre a II Guerra Mundial, História do Brasil e algumas características e desigualdades regionais que somente o Brasil possui. 

MARCOS RASTELO
Depois de ter trabalhado alguns anos na área esportiva, atualmente vive na cidade de Apucarana-PR, onde é sócio em uma empresa de confecções, além de dedicar-se às artes e às novas descobertas  que a vida propõe, principalmente à literatura.

 Entrevista realizada no quadro "BATE PAPO COM O AUTOR" em 14 de maio de 2012

GARCIA edizioni: _Qual era seu objetivo ao escrever A IDADE DA MORTE?

Marcos Rastelo: _Sinceramente há muito tempo faço anotações diversas, além de gostar muito de ler. Na verdade sempre tive o sonho de ver pessoas lendo e compartilhando minhas ideias através de um livro, e creio que este seja o sonho de muitos amantes da leitura. Todavia, transmitir por meio da escritura os próprios sentimentos e pensamentos é uma situação muitíssimo complicada, pois nos colocamos numa posição em que, provavelmente, receberemos muitos julgamentos positivos ou negativos sobre aquilo que escrevemos, mas é isso que nos dá o combustível para continuarmos nessa batalha.

GARCIA edizioni:  _Como o Sr. acredita que seu livro possa influenciar a nossa sociedade?

Marcos Rastelo: _É complexo pensar dessa forma, levando em consideração o fato que, em nossa sociedade, o hábito da leitura é restrito a uma pequena parte da população. Porém, o cuidado ao expressar ideias que refletem situações do cotidiano é muito importante, pois tais ideias podem influenciar o pensamento e as atitudes dos leitores, que podem, tanto interpretar de forma errônea o que se lê como também podem extrair do texto aprendizados que, às vezes, o dia-a-dia não possibilita. Talvez seja esse desafio que faz da criação de um romance algo tão interessante!

GARCIA edizioni: _Quais seus objetivos para alcançar o maior número de leitores?

Marcos Rastelo: _ Espero simplesmente que, ao ler esta obra que é altamente complexa em suas variadas vertentes históricas, sociais e até religiosas, o leitor possa enriquecer seus conhecimentos, Que possa também refletir sobre atitudes simples que podem transformar a sua vida e a vida de outros ao seu redor, alcançando assim, um grande numero de leitores. Deste modo, certamente estarei realizado duplamente.

GARCIA edizioni: _Na sua opinião, por que no Brasil se êscreve muito e se lê muito pouco?

Marcos Rastelo: _Posso estar sendo polêmico ao responder e poderia, por prudência, dar outros rumos à resposta, mas sinceramente a minha opinião de cidadão e de ex-professor da rede pública de ensino, é que isso começa dentro de casa, com pais atenciosos e preocupados com o futuro dos filhos. Um fator principal seria formulações de planos e projetos governamentais para difundir a importância de uma sociedade verdadeiramente culta. Isso, através de um sistema de ensino que realmente funcione, bem diferente do modelo ridículo que temos, onde o governo só se importa com dados estatísticos para mostrar nas campanhas eleitorais e nas convenções internacionais. No Brasil, professores trabalham desvalorizados e, às vezes, até marginalizados. Os alunos utilizam escolas abandonadas e em geral sem estrutura alguma, e o único objetivo desse sistema é fazer com que estes alunos saiam com um diploma e não com conhecimento e cultura de fato, como deveria ser. Se isso acontecesse, com certeza absoluta teríamos muito mais leitores e autores produzindo cultura de qualidade nesse país.

GARCIA EDIZIONI: _O Sr. acredita que a leitura pode substituir nossas experiências reais?

Marcos Rastelo: _Acredito que não, porém a capacidade de imaginar aquilo se lê e de traduzir bons ensinamentos que se encontram nos enredos das histórias que lemos, podem nos ajudar no trato de situações reais do cotidiano. Além disso, quanto mais lemos, mais  exercitamos a mente que, assim como o corpo, deve ser trabalhada diariamente.

GARCIA EDIZIONI:  _Quais são seus planos relacionados à sua carreitra de escritor?

Marcos Rastelo: _Eu sinto um prazer enorme em escrever, pois é uma atividade desafiadora, que mexe com sentimentos e sentidos variados. Talvez seja por isso que quero sim continuar escrevendo sempre. Se, de vez em quando conseguir estar lançando novas obras, estarei me realizando como pessoa. É claro que não poderia ser hipócrita, dizendo que não me preocupo com a parte econômica, economicamente, pois se eu puder ganhar dinheiro com essa atividade não seria nada mal.

GARCIA EDIZIONI: _Dê um conselho aos leitores.

Marcos Rastelo: _Conselhos são complicados, mas acho que posso dizer aos amigos leitores algo que aprendi na vida: apesar de ser formado em Educação Física, sempre gostei muito de ler assuntos variados como Filosofia, História e Literatura em geral, e qualquer assunto que me chamasse atenção. Isso me deu uma capacidade de conversar e discutir em qualquer lugar ou com qualquer pessoa sobre vários assuntos.

Então façam isso leitores, leiam muito e de tudo um pouco, para adquirir cultura de fato. Isso, na verdade, é o que esperava do sistema de educação no Brasil, pois a formação deveria ser integral. Tal comportamento faria com que nossa população tivesse mais condições de entender melhor os caminhos da política e da economia, para, quem sabe, mudar o futuro desse país.

DEIXE SEU COMENTÁRIO



Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:





Facebook