GARCIA marketplace
Carrinho

As cores de ser: eu livro

As cores de ser: eu livro
Fabricante: Editora GARCIA
Modelo: 978-85-65490-40-5
Disponibilidade:
Frete Gratis
Preço: R$ 34,00

PagSegur UOL
PagSegur UOL
Qtd:  
      

As cores de ser: eu livro

AS CORES DE SER: EU LIVRO | 15X21 | 230 PÁGINAS

Trazendo uma mistura entre realidade e ficção e construindo a escrita desde o início, passando por alguns dos principais autores nacionais da atualidade, “As cores de ser: Eu-livro”, é um novo romance da literatura jovem.
Contado a partir do bairro de Itaquera, zona leste de São Paulo, “As cores de ser: Eu-livro” é um dos trabalhos que vem na tendência de falar sobre a publicação de novos autores e de falar para eles sobre como entrar no mercado editorial e das dificuldades que é para o jovem escritor publicar o seu primeiro livro. O livro é uma narrativa ágil e que traz como fio condutor a vida de um jovem escritor da periferia de São Paulo. O autor vai revelar as cores de uma história marcada por dúvidas, dilemas, mas, principalmente, por amizade.
Constituída por contos, crônica e a inseparável poesia, a zona leste menos abastada de São Paulo vai apresentar ao país, o mais novo escritor a surgir para o mundo da literatura. Como disse Clarice Lispector, no seu célebre romance, “A hora da estrela”, “tudo no mundo começou um sim...”, talvez seja esse sim, sem pretensão, mas inevitável, que deu origem à vida e à história do personagem na sua busca de ver o seu primeiro trabalho, editado por uma casa de publicação.
Emannuel Baldavir é o autor amigo que vai conhecer e contar os desafios enfrentados pelo jovem escritor. As reviravoltas na trama convidam o leitor a participar junto da criação. No momento de revelação do conteúdo, uma fábula contemporânea se abre para mostrar as cores escondidas no seu livro de menino.
 
EMANNUEL BALDAVIR
 
é pseudônimo de Josué Souza. O autor é natural de São Paulo e iniciou sua carreira como escritor aos 15 anos, compondo seus primeiros textos e participando de concursos literários escolares. Com 21 anos, já havia lido todos os livros da escritora Clarice Lispector, de quem é fã incondicional. Juntamente com seus outros pseudônimos, um deles em parceria com familiares e amigos, ele vai abordar o cotidiano e o pensamento na sua diversidade. Emannuel Baldavir é o primeiro dos pseudônimos, o mais diretivo deles.
 
As cores de ser: Eu-livro é o romance de estreia do escritor.

 

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:





Facebook