LONDRES
17h55
O despertar de um milagre
- J. R. CALHEIROS -

EDIÇÃO LIMITADA COM PRÉ-LANÇAMENTO EM AGOSTO
RESEVE AGORA MESMO O SEU EXEMPLAR

  • Em algum momento de nossas vidas acabamos esperando ou até mesmo nos deparamos com um milagre, e o livro Londres 17h55: o despertar de um milagre narra a trajetória de avó, filha e neta, que em determinado momento precisarão desse milagre. Na fria e chuvosa Londres, Darcília, uma paraense radicada na cidade, trabalha em uma instituição que apoia imigrantes em situação de risco em solo londrino. Já sua filha Anna é uma universitária rebelde, mãe da pequena Julliane de apenas três anos, fruto de um fortuito relacionamento com um oficial da Marinha Britânica. Jovem e mimada, Julianne não superou o trauma do desaparecimento de seu pai, o renomado Professor de Ciência da História Natural na Universidade de Southampton, Drº. Harrison David Morgan, ocorrido durante uma expedição ao Monte Roraima. Mesmo sem saber, Darcília, Anna e Julliane são conduzidas por uma trama cheia de reviravoltas, tudo desencadeado por um encontro “acidental” com um “ser” misterioso, de origem bastante peculiar. Em meio a um roteiro de idas e vindas, uma doença incurável é descoberta, a qual irá unir ainda mais avó, filha e neta. Daí em diante, elas terão que deixar suas vidas de lado e apostar tudo em um milagre.
  • O livro Londres 17h55: o despertar de um milagre nos faz refletir sobre verdades absolutas, dentre elas a de que estaríamos sozinhos no universo.
    Independente de como você visualiza a verdade, o livro lhe propõe uma reflexão, sobre racionalidade, espiritualidade e vida extraterrena.
    Vale a pena a leitura!
SOBRE O AUTOR
Ronaldo Calheiros (J. R. Calheiros) é jornalista e um grande fã e entusiasta de Ficção Científica. Desde criança nutriu um gosto pelo desconhecido, além de se interessar por ufologia e vida extraterrena. Durante sua juventude, escreveu inúmeros contos e narrativas, todos povoados por seres de outros planetas, guerras intergalácticas e mundos alternativos. Uma das suas maiores inspirações é a obra “Viagem ao Centro da Terra” de Júlio Verne, livro que leu e releu várias vezes. Entre suas principais referências encontra-se as obras dos autores de ficção Philip K. Dick, Issac Asimov, o próprio Julio Verne, além do Mestre do Terror Stephen King.

SIGA A PÁGINA DO LIVRO NO FACEBOOK